Serviços Web integrados

Serviços Web integrados

Serviços Web e Criação de Sites, Dois em Um

Frequentemente somos abordados por novos clientes que nos chegam por recomendação de outros clientes satisfeitos. Na maioria das vezes, procuram-nos para criar ou redesenhar um novo website, sem saberem que temos um conjunto de serviços integrados que vai muito além do webdesign.

Por essa razão, neste post gostaria de partilhar convosco um pouco do que fazemos e por que o fazemos.

Em poucas palavras, a Mais3 é uma marca que executa todos os serviços relacionados com o posicionamento do seu negócio na web. O nosso objetivo é ajuda-lo a alavancar o seu negócio através de meios digitais.

Efetivamente, tudo começa com a criação e manutenção de websites, mas também redesign de sites já existentes. Sites que apenas precisam de uma nova imagem, atualização de conteúdos, otimização e consultoria em SEO. E julgo que é aqui que nos destacamos ao oferecermos serviços web e criação de sites, tudo numa só empresa.

Depois de uma análise às necessidades do cliente e de um estudo acerca do que poderá ser feito para melhorar a sua presença online, apresentamos uma proposta que pode ir desde o design do website, criação de loja online até ao desenvolvimento de uma APP dedicada.

Tudo isto, sempre em estreita relação com o cliente, com o objetivo de construir uma imagem sólida à volta da sua marca.

Diria que esta é a parte mais sexy do nosso trabalho. Depois vem a parte técnica. A Mais3 também se destaca na oferta de serviços web que vão desde a gestão de domínios, gestão de contas de email, alojamento e help desk 24/7.

A completar este leque de serviços temos ainda uma equipa especializada em otimização web pronta a contribuir ativamente para os seus projetos de marketing digital e conceção de imagem corporativa .

Este conceito integrado de “Serviços Web e Criação de Sites, Tudo Numa Só Empresa” nasce com o objetivo de facilitar a comunicação com o cliente. Asseguramos uma relação de parceria, tratamento indiferenciado e apoio constante, desde o primeiro contacto até à conclusão de cada projeto.

50% desconto em serviços web

Serviços Web integrados

Criação de sites grátis: mito ou realidade?

Admito que a ideia de ter um site grátis seja tentadora. Mas será a criação de sites grátis uma realidade ou mito?

Primeiro, se é a primeira vez que vai fazer um projeto destes, terá de investir algum do seu tempo a explorar uma nova plataforma, quando poderia aproveita-lo para trabalhar na sua estratégia para atrair mais clientes. Como tempo é dinheiro, até agora não vi nada grátis.

Depois, quer realmente um site igual a tantos outros? Não gostaria de ter um site personalizado que transmitisse a verdadeira mensagem da sua empresa? Nenhuma das plataformas de construção de sites grátis lhe garante que o modelo que escolher não seja usado por outros. É um pouco monótono, não concorda?

E quando surgem dúvidas? É bom termos alguém com quem partilhar as nossas preocupações. De preferência, alguém com experiência para nos poder indicar o melhor caminho e dar sugestões válidas. Não me parece que uma plataforma de criação de sites grátis online seja capaz de o fazer.

Além disso, poderá não ter acesso ao melhor serviço de alojamento web e o seu site pode ter problemas de uptime e de carregamento de páginas, o que compromete a navegabilidade do utilizador e pode prejudicar a sua imagem junto dos motores de busca.

Eis que chegamos onde a maioria de vocês estava ansioso para chegar.

Então a criação de sites grátis sempre é um mito ou existe mesmo?

É um mito. O serviço, na maioria das vezes, não é realmente grátis. Poderá construir um site grátis, mas quando chegar a altura de torna-lo mais profissional, personalizar algo ou simplesmente coloca-lo online, irão cobrar por isso. Outras vezes, o serviço é grátis por um determinado período de tempo, não é para sempre.

Conclusão
Veja o seu site como o seu cartão de visita, como a sua ferramenta mais poderosa de se dar a conhecer ao mercado e atrair novos clientes.

Isto implica fazer do seu site o seu melhor aliado numa boa estratégia de marketing digital. Rodeie-se de uma equipa qualificada e multidisciplinar que o ajude com o desenvolvimento e com a estratégia de comunicação e lhe construa um site profissional.
Um site grátis poderá ajudá-lo a mostrar-se ao mundo numa fase inicial do seu negócio mas não o ajudará a gerar leads.

Não construímos sites “grátis”, mas distinguimos-nos da nossa concorrência por oferecermos a melhor relação qualidade/preço. Se quer um site profissional, envie-nos um email ou telefone para 220 931 650 .

50% desconto em serviços web

Serviços Web integrados

5 Dicas para atrair visitantes ao seu website

Não gostaria de deixar o assunto do nosso último post “Um website de sucesso prima pelo conteúdo pelo design?” por concluir. Por isso, esta semana, deixo um conjunto de dicas práticas a para atrair visitantes ao seu website e, ao mesmo tempo, agradar aos motores de busca.

1. Comece pela experiência do usuário

Comece por fazer algumas perguntas sobre a experiência do usuário e que tipo de valor ele acrescenta ao seu negócio. O seu objetivo é realmente atrair visitantes ao seu website para que entrem em contacto com a sua empresa ou se inscrevam num evento que está a organizar ou numa newsletter ou vender os seus diretamente os seus produtos?

A ordem pela qual gostaria que navegassem no seu site também é importante. Pois é este fluxo de informação que coloca ao dispor dos usuários que define o caminho de compra dos seus produtos.

As suas respostas a este tipo de perguntas irão determinar de que forma os visitantes fluem no seu site e quanto tempo vão despender em cada conteúdo. Por isso, aqui vai a primeira dica: não os aborreça!

Nesta fase é tentador produzir conteúdos baseados em palavras chave que você acha que o seu público alvo vai procurar no Google. Não o faça! Por duas razões: os leitores vão achar o copy forçado e os motres de busca vão penaliza-lo por esse estilo de escrita.

Não faça palavras-chave, pois os leitores acharão esse tipo de cópia muito irritante e os motores de busca irão penalizá-lo por esse estilo de escrita.

Use linguagem concisa, fluída e abuse de títulos apelativos que descrevam realmente o conteúdo que apresenta.

2. Use imagens para indicar o caminho ao seu visitante

É do conhecimento geral que a memória fotográfica é uma característica que a maioria das pessoas possui. Por isso uma boa forma de tornar as suas páginas mais atraentes ao mesmo tempo que contribui para que o visitante retenha a informação, é incluir imagens no meio do texto.

Melhor ainda, pode e deve usar essas imagens para guiar os utilizadores através do fluxo de informação que lhes quer transmitir, ajudando-os a tirar maior partido da experiência. Use imagens que chamem à ação, com indicações claras do caminho a seguir e não tenha medo a recorrer a botões tão óbvios como um simples “Clique Aqui”.

Certifique-se que o tamanho das imagens não compromete a velocidade de carregamento das páginas.

Não se esqueça de adicionar um título à sua imagem para que os bots de rastreamento do Google saibam o que esta contém. Os bots do Google não conseguem ver imagens, mas os títulos e as meta-tags com palavras-chave relativas ao seu conteúdo são a maneira de eles “verem” o que lá está.

Esta gestão cuidada das imagens que coloca no seu site atrai tanto visitantes quanto os motores de busca ecoloca-o em vantagem face à concorrência.

3. Certifique-se de que o site se adequa ao nicho que quer atrair

Já conseguiu atrair visitantes ao seu website. E agora? Neste ponto é fundamental reter o seguinte: as pessoas sabem exatamente aquilo que querem e quando aterrarem no seu site, deve proporcionar-lhes o que procuram tão rápido quanto possível. Não as obrigue a permanecerem muito tempo nas suas páginas nem as deixe sair com a necessidade de visitar os sites dos seus concorrentes.

Em termos práticos, se o seu site oferece o que o seu público alvo procura, a probabilidade de ele realizar uma ação é maior e, consequentemente, também a probabilidade de vir a tornar-se cliente.

Dica rápida: dê mais atenção às taxas de rejeição do que ao tempo de permanência nas páginas.

4. Tenha um site seguro

Já aqui falamos sobre a segurança dos sites, nomeadamente por que devemos usar o protocolo HTTPS.

Geralmente as pessoas avaliam a segurança como um dos fatores mais importantes ao visitar um site, sobretudo se estivermos a falar de sites que contenham páginas onde se deixem dados pessoais.

Ao usar um Certificado SSL para garantir a transferência de informações entre os clientes e o site, estará a fazer com que os visitantes se sintam mais seguros e assim aumentam a probabilidade de conversão.

5. Satisfaça os desejos dos seus visitantes

No final, tudo se resume a isto: o seu site tem o que o seu público procura? Tem algo realmente valioso para atrair visitantes ao seu website e fazê-los ter vontade de permanecer lá?

Só o saberá se experimentar oferecer tudo o que tem: conteúdos, imagens, vídeos, artigos de blog, novos produtos, etc.

Mantenha toda a informação atualizada e melhore a cada dia os conteúdos que produz, a imagem e o desempenho do site. Isso aliado a à segurança, garantir-lhe-á um site de sucesso para visitantes e motores de busca.

Se ainda não encontrou o parceiro ideal para o ajudar nesta viagem, quer passe pela criação ou redesenho do site, ajuda com o SEO, implementação do Certificado SSL ou atualização consistente de conteúdos com vista à atração de leads, fale connosco.

50% desconto em serviços web

Serviços Web integrados

Por que preciso do Protocolo HTTPS?

O comum dos utilizadores ou mesmo os mais distraídos nem sequer reparam. Mas certamente que os mais atentos já se perguntaram qual a diferença entre uma ligação HTTP (Hyper Text Transfer Protocol) e uma ligação HTTPS (Hyper Text Transfer Protocol Secure). E por que precisa de um agora?

O HTTP é um protocolo de comunicação que permite a troca de informação entre um computador e o servidor. De outra forma não conseguiríamos aceder às páginas de internet que tantas experiências maravilhosas nos proporcionam. Por seu lado, o HTTPS está munido de uma “camada extra” de proteção assegurada pelo certificado SSL (Secure Sockets Layers).

Em termos práticos, a não implementação deste certificado só é efetivamente um problema em páginas que exijam um registo e uma password ou, claro, numa loja online onde são partilhados dados bancários e outras informações relevantes.

Para ajudar os utilizadores a navegarem com maior segurança, a Google tem em curso um plano de penalização de páginas que exijam dados do utilizador e que não contenham o protocolo HTTPS.

Se ainda não está a usar este protocolo, aproveite o início de 2018 para o fazer, sobretudo se tem um negócio online ou informação valiosa para partilhar com os seus clientes via web que os obrigue a fazer um registo.

A transição é tão simples que nem vai notar!

50% desconto em serviços web